21 de abr de 2012

Vamos comemorar como idiotas

...a cada fevereiro e feriado.

Impossível pensar no dia de hoje sem me recordar dos versos de Renato Russo. Eles ecoam em minha mente a cada notícia vinda de Brasília, ao aproximarem-se as eleições, no presenciar  cenas de desigualdade, em cada feriado.21 de abril, inauguração de Brasília e Tiradentes; 22 de abril,  "descobrimento". "Nosso passado de absurdos gloriosos". O país sem memória comemora. Brasília completa hoje 52 anos, vem aí mais um dia de show na Esplanada. A população comparece, a capital está lotada, ...de analfabetos políticos que se orgulham, reverenciam o "mártir" JK . Dia de mártires, dias de luta? Tiradentes e  JK, mineiros que lutaram pelo ideal elitista. Este, distanciando-nos das decisões políticas, um sonho da República oligárquica. Aquele, defendendo a burguesia dos altos impostos.Não há com o que se preocupar, isso já é passado.Amanhã é outro dia... o dia em que "descobriu-se" a galinha dos ovos de ouro, esse pedaço de chão em que tudo que se planta dá, paraíso tropical que abasteceu ( abastece) o sonho elitista de riqueza ilícita, o início das desigualdades.Numa história onde os fatos não se repetem, mas que carrega um círculo vicioso: elite, exploração, pão e circo,enganação, dívidas a custo da fome, desigualdade.Vamos celebrar e aguardar a sonhada Libertas quae sera tamen!"A lágrima é verdadeira."

0 comentários:

Postar um comentário